Respirar. Caminhar. Pedalar.
Queremos que Lisboa se transforme numa cidade verde onde podemos respirar livremente, caminhar, ir de transportes públicos e pedalar em segurança para todo o lado.
Como somos?
Criativos
Se queremos resultados diferentes, temos que ter a coragem de fazer coisas de forma diferente.
Claros
Procuramos sempre a maneira mais direta e clara de dizer as coisas.
Abertos
Queremos cooperar, co-criar, co-aprender, e somos proativos em propor a nossa parceria.

Somos a mudança que queremos ver no mundo
Agimos tal como queremos que ajam os outros.
Sem politiquices
Separamos o problema das pessoas, trabalhamos para o resultado comum. Grupinhos contra grupinhos, bullying e discurso de ódio são razões para a cessão imediata de cooperação.
Testar e aprender
Não temos respostas feitas sobre como mudar a cultura atual de mobilidade em Lisboa. Para encontrar as soluções práticas, em vez de batalhas de opiniões, testamos as ideias e aprendemos com a evidência.
Transparentes
Não escondemos quem somos, estabelecemos as expectativas claras, declaramos quanto recebemos em doações e o que fazemos.
Entusiastas
Entusiasmo é uma forma de praticar optimismo. Entusiasmamo-nos uns aos outros para superar o medo de não conseguir. Entusiasmamo-nos para encontrar a maneira de viver em Lisboa que queremos.
Como podemos trabalhar juntos?
Projetos concretos
Podes ser só tu, ou pode ser o teu grupo, organização ou associação. Não nos interessa o teu estatuto legal e o que diz o teu perfil no LinkedIn. Se vens com uma ideia concreta e vontade de a realizar, passamos à ação, apoiando um ao outro.
Passar a ação
O nosso objetivo não é só discutir ideias, mas cooperar com as pessoas capazes de passar à ação. Se ainda não sabes como fazer, mas queres tentar, bora.
Responsabilidade individual
Somos agentes livres e escolhemos projetos pelos quais queremos ser responsáveis. A nossa cooperação dura tanto quanto faça sentido e traga felicidade para cada um. Podes experimentar cooperar durante umas semanas para uma açao, ou podes cooperar para toda uma série de açoes que continuaremos a desenvolver em conjunto.
Respeitamos o tempo
A maior parte do nosso trabalho é assíncrono, e isto pressupõe aprenderes a usar as ferramentas reconhecidas como mais eficazes e eficientes (Slack, Trello, Canva, etc) evitando ao máximo o uso do email.
Olá! Este é o primeiro passo para trabalharmos juntos.
Agradecemos o teu tempo!
Antes de mais, precisamos que leias o nosso Código de Honra e concordes. Não vais demorar mais de dois minutos. Depois vamos perguntar pelo teu nome, email e a ação que pretendes.
Não discriminamos ninguém devido a raça, etnia, nacionalidade, classe, religião, convicção política, género, sotaque, orientação sexual, idade, saúde, anos de experiência ou formação. Acreditamos que qualquer pessoa que queira melhorar Lisboa pode colaborar com a Lisboa Possível.
Proibimos todas as formas de discurso de ódio, que é definido como abuso direcionado especificamente contra uma característica única, não controlável de uma pessoa ou grupo, como raça ou nacionalidade. Nunca permitimos o discurso de ódio nem na nossa comunicação pública, nem nas nossas mensagens privadas com outras pessoas.
Proibimos bullying, definido como um comportamento repetitivo com a intenção de causar dano emocional, social ou físico usando o abuso em função da aparência, interesses, inteligência.
Se descobrirmos que alguém de nós faz discurso de ódio ou bullying, é razão para acabar a cooperação imediatamente, mesmo que tais ações aconteçam fora do âmbito da Lisboa Possível. Por exemplo, um comentário racista de um de nós no Japão em nome individual é igualmente inaceitável.
É questão de mera estatística que alguém não vai gostar daquilo que fazemos. O discurso de ódio e bullying, seja contra Lisboa Possível, seja contra alguém de nós em privado, é realidade. A nossa resposta ao discurso de ódio e bullying é a não-violência. Bloqueamos toda a interação com estas pessoas e organizações.
Discutimos ideias e ações usando dados, factos, lógica e raciocínio.
Não usamos plástico de uso único em tudo o que fazemos enquanto Lisboa Possível e aspiramos a isso na vida privada.
Praticamos a hierarquia que defendemos. Fazemos tudo para caminhar, andar de bicicleta e/ou de transportes públicos em vez de usar carro. Damos prioridade a crianças, idosos e pessoas com mobilidade reduzida.
Apoiamos o esforço de cada indivíduo, acreditando na responsabilidade pelas próprias ações de cada um.
Como preferes que te chamemos?
Como podemos falar contigo?
Qual é a ação em que podemos trabalhar juntos?